Planos de saúde cobrem a cirurgia bariátrica?

Planos de saúde cobrem a cirurgia bariátrica?


plano-de-saúde-cobre-a-cirurgia-bariátrica

A Agência Nacional de Saúde Suplementar, oficializou desde janeiro de 2012, que os pacientes com indicação para a cirurgia bariátrica têm garantido por lei o direito de realizar todos os tipos da cirurgia através de planos.

As técnicas de cirurgia de Redução de estômago estão sendo cada vez mais utilizadas no Brasil por quem deseja emagrecer rapidamente. Entre os anos de 2003 a 2011, por exemplo, o número de cirurgias aumentou de 18 mil para 77 mil no país, ou seja, o número quadruplicou em apenas 8 anos. Porém, muitas pessoas não podem pagar essa cirurgia particular, pois o preço da redução de estômago não é baixo. Com isso, a procura pela bariátrica através dos planos de saúde tem sido cada vez mais constante.

Desde quando planos de saúde cobrem a cirurgia bariátrica?

Devido a estes fatores, a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar, declarou e oficializou desde janeiro de 2012, que os pacientes com indicação para a cirurgia bariátrica têm garantido por lei o direito de realizar todos os tipos de cirurgia bariátrica, seja bypass gástrico, gastrectomia vertical, banda gástrica ajustável ou o balão intragástrico e duodenal switch. Além de poderem utilizar da videolaparoscopia, métodos menos invasivo, em que são feitas pequenas incisões de 0,5 a 1,2 centímetros para passar as cânulas e a câmera Cada um destes 4 sites tem mais de 450 jogos de biggestcasinosonline.com online em oferta e todos eles possuem o galardoado software de biggestcasinosonline.com online Microgaming. de vídeo.

Já na cirurgia bariátrica convencional, é realizado um corte de pelo menos 20 centímetros no abdome do paciente e o tempo de recuperação vai de 30 a 60 dias.

A lei passou a valer em todo o território nacional. Os planos e seguros privados de saúde devem oferecer tratamento cirúrgico sem qualquer restrição aos portadores de obesidade mórbida, respeitando a decisão médica e o direito do paciente.

Além da cirurgia bariátrica, entre os novos serviços estão outras cerca de 40 operações por vídeo. Com o acréscimo, a lista passa a ter 3.132 procedimentos aos consumidores de planos novos (contratados após janeiro de 1999) ou adaptados à legislação.

A cirurgia bariátrica é indicada para pessoas com obesidade mórbida, que não conseguem perder peso apenas com o tratamento clínico tradicional (dieta, medicamentos e exercícios). E, ainda, para pacientes com índice de massa corporal (IMC) acima de 35 kg/m² com uma ou mais doenças associadas à obesidade ou com IMC acima de 40 kg/m², independentemente da presença de outras doenças. Saiba como calcular seu IMC aqui.

 

Artigo publicado em 31/10/2013 | Escrito por



2 Responses to Planos de saúde cobrem a cirurgia bariátrica?

  1. GUILHERME SEIDL

    Tenho 1,64m e 95kg, portanto meu IMC é de 35,32. Mesmo tentando fazer a Redução de Estômago por videolaparoscopia através da AMIL, não logrei êxito. Em 2006 fui submetido a uma prostatectomia radical, por conta de uma neoplasia malígna grave e estive internado por quinze dias na UTI do Hospital Central de Niterói, em 2009, por ter contraído uma Miocardite. Aliados a uma hipertensão arterial, esses fatores me obrigam a tomar 6 medicamentos diariamente. Sei que se conseguisse reduzir drasticamente meu sobrepeso, pelo menos a hipertensão arterial poderia ser extirpada. Como devo proceder para que meu plano de saúde aceite meu pleito, já que pago mais de R$500,00/mês?

    • RILDON DAMACENO

      Procure um Advogado ou então a Defensoria Pública…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>